Skip to content

Dicionário de vozes críticas: Sociabilidade literária

25/02/2011

A noçom de sociabilidade literária pretende pôr de relevo o factor de socializaçom inerente à literatura como acto de comunicaçom social, face ao trabalho essencialmente solitário da escrita. A sua concretizaçom espacial passou historicamente por diversas ubiquaçons (mosteiros, universidades, livrarias, cabarets, salons, cafés, jantares, revistas, casas editoriais, correspondência, etc.) em que autoras/es e demais agentes envolvidos tinham contactos entre si, aplicando critérios de afinidade electiva e estebelecendo redes de difusom de modelos estéticos e ideias.

Como conceito teórico foi desenvolvido principalmente por Pierre Rajotte, investigador da Universidade  de Sherbrooke, e aplicado ao caso quebequense. Som interessantes as suas potencialidades para a abordagem de sistemas culturais em processo de autonomizaçom, dada a importáncia que o capital relacional (a capacidade que possui um agente para utilizar vínculos de distinto tipo  e produzir determinados efeitos) cobra nos mesmos.

Anúncios
No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: