Skip to content

Vozes dissonantes. Recital poético (2)

20/03/2011

PENSAMENTOS I

Nos diversos formatos atuais do recital poético o conceito deconstrui-se para assim deconstruir também a posta em cena da poesia falada/oralizada.

O poema deixa de ser o intercámbio entre a escrita da poeta e a olhada da leitora que o recebe, para passar a ser a voz de quem di versos e de todas as outras linguagens que acompanham o verso falado: o corpo, a relaçom com o espaço, a ambientaçom do espaço, a relaçom com as ouvintes… Porém, (agora) também pode incluir a dança, a vídeo-criaçom, a performance, a música, o teatro, a pintura… assistimos, já que logo, ao encontro de linguagens artísticas diversas que escapam do próprio texto para ir mais além, a outros cenários artísticos onde representar os versos.

De algum jeito, semelha que com as possibilidades pós-modernistas do recital poético acontece umha espécie de posta em cena da hiperpoesia, no senso da multidisciplinaridade do poema, já que o recital poético (de)construi o poema mesmo a medida que o ato tem lugar.

María Rosendo

Anúncios
One Comment leave one →
  1. Adela Figueroa Panisse permalink
    20/03/2011 20:39

    Gosto dos recitais. Gosto de escutar a voz das/dos que escriviram os seus poemas,e doutras pessoas que possam dar vida a estes. A poesia pode ser entendida como um tipo de canto e não há canto sem voz. A voz complementa a mensagem poética e acrescenta a esta da estética da música e da emoção daquele/a que lê.
    Eu preciso de ler poesia em alta voz e não é para mim incompatível com a sua leitura silenciossa mas , pelo contrario é um complemento da compreesão da poesia.
    Adorava escutar a Uxio Novo Neira . A sua potente voz era como o estrondo das rochas que formam os tesos do Courel ou como o balvordo bravo das águas do Lor. Manuel Maria era também um bom recitador e Yolanda Adrey é uma força da natureza quando lê poesia.
    Gosto dos recitais porque gosto de partilhar a beleza e o drama vital do mísero ser humano, com aquela gente que melhor a sabe esprimir,Poetas.
    Hoje , na Eira da Xoana, ADEGA organizou um recital poético para honra dos nossos rios. E eu adorei.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: